top of page

Novo programa leva cientistas de volta à escola primária em Portugal


No Dia Internacional da Alfabetização, a Native Scientists expande o seu portfólio de programas com um novo programa de enriquecimento científico que combate as desigualdades no acesso à educação científica, aumenta a literacia científica e capacita os alunos para prosseguirem o ensino superior.

O programa chama-se “@Cientista Regressa à Escola” (www.cientistaregressaescola.pt), que significa “Os Cientistas Regressam à Escola”. Fundado por Joana Bordalo, Joana Moscoso e Matilde Gonçalves, o programa foi concebido para atenuar a lacuna entre a comunidade científica e o setor educativo em Portugal, reunindo cientistas e alunos da mesma cidade natal.


O programa baseia-se num conceito de educação circular, permitindo o regresso de estudantes e profissionais de ciências à sua escola primária para ministrar uma oficina de ciências única e significativa para alunos do 4º ano (9 anos).


“O objetivo é implementar um programa nacional que leve os cientistas de volta à escola primária, promovendo atitudes positivas em relação à ciência e servindo de modelo para os alunos”, afirma Joana Moscoso, diretora da Native Scientists.


Joana Bordalo, explica que “para participar no programa, uma pessoa cientista deve ter frequentado o ensino primário em Portugal e fazer/ter feito investigação em qualquer área científica”.


“Após o registo no site, os pares de cientistas receberão apoio para desenvolver as oficinas científicas para os alunos. As pessoas cientistas vão depois visitar a sua terra natal durante um dia e organizar a oficina para duas turmas da sua escola primária”, afirma Matilde Gonçalves.


Lançado no Dia Internacional da Alfabetização, o programa está alinhado com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos em 2015 pela Assembleia Geral das Nações Unidas.


Para mais informações visite o site do programa e acompanhe as novidades nas redes sociais:


Sobre a Native Scientists

A Native Scientists é uma premiada organização sem fins lucrativos de âmbito europeu que promove a diversidade cultural na ciência, na educação e na sociedade. A Native Scientists oferece oficinas de ciências e línguas, formações em comunicação científica e projetos personalizados para diversas instituições, incluindo escolas, universidades e embaixadas. O trabalho desenvolvido cria pontes entre estudantes e cientistas para promover a literacia científica e linguística por meio de modelos de comportamento e aprendizagem integrada de ciências e línguas. Fundado em 2013, o seu trabalho chega a mais de 1.200 alunos por ano e conta com uma rede de mais de 1.000 cientistas internacionais.

Comentários


bottom of page