top of page

Estudantes da Holanda e do Reino Unido ganham Native Awards 2018


Todos os anos, os Prémios Native Scientists reconhecem a criatividade das crianças que participam nas nossas oficinas escolares.

Lançados em 2014/2015, os Native Awards têm sido um enorme sucesso, com um número crescente de crianças a submeter os seus trabalhos para a nossa avaliação. Antes de cada oficina da Native Scientists, as crianças recebem uma ficha onde lhes pedimos que desenhem o que é para eles uma pessoa cientista e que imaginem e escrevam uma frase sobre o que fariam se fossem cientistas. No final de cada ano letivo, a Native Scientists seleciona cinco inscrições para a categoria “Melhor Frase” e cinco inscrições para a categoria “Melhor Desenho”. Em seguida, nossa equipa de 20 a 30 colaboradores vota nas inscrições favoritas e as duas inscrições com mais votos em cada categoria ganham o prémio.

Este ano, Linda, de 10 anos, que participou numa oficina de português na Holanda ganhou o Prémio “Melhor Frase”.

A Linda representou muito bem uma das missões que as pessoas cientistas têm, que é resolver alguns dos maiores problemas que a humanidade enfrenta, como a fome. Linda revelou ainda que adora bebés e que quer trabalhar como enfermeira numa maternidade quando crescer.


O “Melhor Desenho” pertence a Gabriela, de 11 anos, que participou numa oficina de espanhol no Reino Unido. A Gabriela achou a oficina “muito interessante; aprendeu como a ciência pode mudar a vida das pessoas para melhor e descobriu mais sobre como mudar o mundo”. Quando crescer, quer ser bioengenheira e trabalhar com células-tronco.


No seu desenho, a Gabriela mostra como as pessoas cientistas não trabalham isoladas, como muitas vezes se pensa! Trabalham em estreita colaboração com os seus colegas para compartilhar as suas ideias e manter sempre a mente aberta.


Os prémios consistiram numa sacola da marca e no livro “Lá Fora” autografado por Maria Ana Peixe Dias. A nossa fundadora Joana afirma que: "Todos os anos fico maravilhada com a qualidade e riqueza das inscrições no nosso concurso. Com mais de 1000 estudantes a participar nos nossas oficinas todos os anos e um envolvimento no concurso superior a 60%, é com grande satisfação emoção que Linda e Gabriela são apresentadas como vencedoras do Native Awards 2018".


A frase de Linda retoma um conceito antigo, a máquina do tempo, e acrescenta-lhe uma dimensão humanitária, lembrando-nos da verdadeira essência da ciência.

O desenho da Gabriela retrata as pessoas cientistas e as diversas áreas da ciência com a precisão e o vocabulário de uma verdadeira especialista. Ao mergulhar nos detalhes do desenho, parece que ela já é uma cientista e é impossível não refletir sobre os atributos das pessoas cientistas, como inovadores e compartilhadores de conhecimento.

A Native Scientists é uma organização sem fins lucrativos com sede no Reino Unido que desenvolve e implementa projetos destinados literacia científica e linguística entre migrantes e através da interação de modelos. Fundada em 2013, alcança mais de 1000 estudantes por ano e conta com uma rede de mais de 800 cientistas internacionais na Europa. Pode ver aqui os vencedores das edições 2016 e 2017 dos Native Awards.

Comments


bottom of page